FARMAIS DE DRACENA

quinta-feira, 1 de junho de 2017

1º DE JUNHO - DIA DA IMPRENSA

João Gutenberg (1397-1468) foi o primeiro na Europa a usar tipos móveis para a composição e impressão de palavras. Natural de Mogúncia (Alemanha), contando inicialmente com o apoio financeiro de três ricos burgueses de sua terra, procurou fundir tipos metálicos mais moles que o ferro e mais duros de que o chumbo. Levados à ruína, os três financiadores de Gutenberg deixaram de ajudá-lo. Por fim, com o apoio do banqueiro João Fust e do negociante Pedro Schoeffer conseguiu uma liga de antimônio, chumbo e estanho, que lhe permitiu fundir os primeiros tipos de imprensa. Com a morte de Gutenberg, Schoeffer explorou a nova indústria. O primeiro livro a ser impresso em Mogúncia foi a Bíblia (1450). Durante os anos seguintes o invento foi aperfeiçoado e estendeu-se para toda a Europa.

NO BRASIL – Em 1999 o Dia da Imprensa mudou de data. Ficou em 1º de junho porque foi a data em que começou a circular o jornal Correio Braziliense, fundado por Hipólito José da Costa. Anteriormente, a comemoração ocorria em 10 de setembro, data da primeira edição do jornal Gazeta do Rio de Janeiro, periódico da Corte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANÔNIMO COVARDE AQUI NÃO TEM VEZ.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.