FARMAIS DE DRACENA

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

PM ATENDE CASO DE FURTO E DESCOBRE QUE DENÚNCIA ERA FALSA

Um caso que começou como denúncia de furto terminou como falsa denúncia, conforme a Polícia Militar. Esteve envolvido um casal com 25 e 24 anos de idade.  Tudo começou com a ligação ao Copom sobre a localização de um veículo Citroen na Avenida Presidente Vargas e que o carro era produto de furto. A proprietária de 24 anos estava nas proximidades juntamente com o marido de 25. Eles disseram que o carro tinha sido furtado defronte a uma sorveteria na Avenida José Bonifácio. Eles disseram ainda que o carro tinha ficado aberto e com a chave no contato. O dono estava em Junqueirópolis e quando chegou levou a mulher, que está grávida, para atendimento médico. Depois, encontraram o carro na Vargas. Os policiais notaram que as informações prestadas não se conectavam. Até a Polícia Científica fez a perícia do local.
O casal disse que tal veículo era de sua propriedade, porém tinham um recibo em branco. Eles confessaram que mentiram para a polícia comunicando o falso furto, pois haviam vendido o automóvel a um primo, que posteriormente o repassou para outras pessoas, sendo isso cobrado pela financeira. Quando passeavam pela cidade viram o carro e inventaram o furto para que fosse apreendido o Citroen. Em seguida a Polícia Civil elaborou o boletim de falsa comunicação de crime.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ANÔNIMO COVARDE AQUI NÃO TEM VEZ.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.